Boa noite, Segunda-Feira, 22 de Maio de 2017
SINOP
Sindicância apura morte de paciente após suposta medicação errada em UPA em Sinop (MT)
Paciente teria recebido medicamento ao qual era alérgico. Suspeita é que a informação sobre a alergia estivesse no prontuário médico.
18/04/2017 - 14h04 - Fonte: G1 - MT

 

A morte de um paciente após receber medicamento na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) de Sinop, a 503 km de Cuiabá, no dia 12 de abril motivou a abertura de uma sindicância por parte da Adesco, que faz a gestão da unidade de saúde, após determinação da Secretaria de Saúde municipal. A equipe médica responsável pelo atendimento foi afastada das funções.

O paciente, cuja idade não foi informada, teria recebido na veia um medicamento ao qual era alérgico. Existe a suspeita de que a informação a respeito da alergia estivesse no prontuário médico, mas que ainda assim o remédio foi receitado.

Procurada, a Adesco se recusou a passar informações ao G1 sobre o paciente e sobre a aplicação do medicamento. Limitou-se a dizer que foi aberta uma sindicância para apurar a morte. A prefeitura de Sinop informou por meio de nota que determinou a abertura de investigação do ocorrido e que pediu o afastamento da equipe médica até a conclusão da apuração.

A prefeitura disse também que a conclusão da investigação deverá ser encaminhada a órgãos de controle como Ministério Público do Estado e conselhos regionais de Medicina (CRM), Enfermagem (Coren) e Farmácia (CRF).

SEJ

Comente através do facebook:
ENQUETE »
O que você pensa da proposta Reforma da Previdência ?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::