Bom dia, Domingo, 25 de Junho de 2017
SINOP
Sindicância apura morte de paciente após suposta medicação errada em UPA em Sinop (MT)
Paciente teria recebido medicamento ao qual era alérgico. Suspeita é que a informação sobre a alergia estivesse no prontuário médico.
18/04/2017 - 14h04 - Fonte: G1 - MT

 

A morte de um paciente após receber medicamento na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) de Sinop, a 503 km de Cuiabá, no dia 12 de abril motivou a abertura de uma sindicância por parte da Adesco, que faz a gestão da unidade de saúde, após determinação da Secretaria de Saúde municipal. A equipe médica responsável pelo atendimento foi afastada das funções.

O paciente, cuja idade não foi informada, teria recebido na veia um medicamento ao qual era alérgico. Existe a suspeita de que a informação a respeito da alergia estivesse no prontuário médico, mas que ainda assim o remédio foi receitado.

Procurada, a Adesco se recusou a passar informações ao G1 sobre o paciente e sobre a aplicação do medicamento. Limitou-se a dizer que foi aberta uma sindicância para apurar a morte. A prefeitura de Sinop informou por meio de nota que determinou a abertura de investigação do ocorrido e que pediu o afastamento da equipe médica até a conclusão da apuração.

A prefeitura disse também que a conclusão da investigação deverá ser encaminhada a órgãos de controle como Ministério Público do Estado e conselhos regionais de Medicina (CRM), Enfermagem (Coren) e Farmácia (CRF).

SEJ

Comente através do facebook:
ENQUETE »
O que você pensa da proposta Reforma da Previdência ?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::