Bom dia, Domingo, 24 de Setembro de 2017
AVIÃO COM DROGA
Maggi cobra da Aeronáutica punição a quem divulgou informação falsa
Ministro da Agricultura diz que o episódio causou danos a ele e suas empresas
15/07/2017 - 16h39 - Fonte: Midia News

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, pediu que a Aeronáutica puna o responsável por divulgar a informação de que um avião interceptado com 500 toneladas de cocaína, no final de junho, decolara de uma de suas fazendas, no Município de Campo Novo do Parecis (396 Km de Cuiabá)

O ministro da Agricultura Blairo Maggi, que cobra punição por informação falsa

Segundo o ministro, a Aeronáutica não se preocupou em checar o dado fornecido pelo piloto antes de divulgar a informação.

Foi a Polícia Federal quem desmentiu a informação. Maggi diz que o episódio causou danos a ele e suas empresas.

A aeronave foi interceptada pela Força Aérea Brasileira (FAB) no dia 25 de junho em Jussara (GO), durante uma operação conjunta entre FAB e o Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer).

A informação sobre o local de onde o avião decolou foi divulgada pela Aeronáutica, por meio de nota, com base em informação repassada pelo piloto durante o voo.

  No dia seguinte, porém, ao prender o piloto e o copiloto do bimotor, a FAB confirmou que a dupla disse ter trazido a droga da Bolívia e que não estivera na fazenda de Blairo.

 

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Você é favorável a pena de morte?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::